Marfim

Balfourodendron riedelianum

Outros nomes: Farinha-Seca, Gramixinga, Guataia, Marfim, Pau-Liso, Guatambu, Pequiá-Mamona, Pequiá-Mamão, Pau-Cetim.

Características: Cerne branco-palha-amarelado, escurecendo para amarelo pálido uniforme; alburno não nitidamente demarcado, de cor branca levemente amarelada. Superfície lisa ao tato e medianamente lustrosa; grã geralmente regular, textura fina. Gosto levemente amargo e odor imperceptível.

Aplicações: Móveis de luxo, lâminas faqueadas decorativas, peças torneadas, cabos de ferramentas, molduras, partes internas na construção civil (forros, lambris, rodapés, tacos e tábuas de assoalho e similares), artefatos decorativos em geral, cutelaria, etc.

Ocorrência: Brasil:  Minas GeraisParanáEspírito SantoSanta CatarinaRio Grande do SulSão Paulo e Mato Grosso do Sul,

Outros Países:  Argentina e Paraguai.

Categoria

Descrição

Balfourodendron riedelianum

Outros nomes: Farinha-Seca, Gramixinga, Guataia, Marfim, Pau-Liso, Guatambu, Pequiá-Mamona, Pequiá-Mamão, Pau-Cetim.

Características: Cerne branco-palha-amarelado, escurecendo para amarelo pálido uniforme; alburno não nitidamente demarcado, de cor branca levemente amarelada. Superfície lisa ao tato e medianamente lustrosa; grã geralmente regular, textura fina. Gosto levemente amargo e odor imperceptível.

Aplicações: Móveis de luxo, lâminas faqueadas decorativas, peças torneadas, cabos de ferramentas, molduras, partes internas na construção civil (forros, lambris, rodapés, tacos e tábuas de assoalho e similares), artefatos decorativos em geral, cutelaria, etc.

Ocorrência: Brasil:  Minas GeraisParanáEspírito SantoSanta CatarinaRio Grande do SulSão Paulo e Mato Grosso do Sul,

Outros Países:  Argentina e Paraguai.